Como investir na Bolsa de valores: guia para negociar Ações em Portugal

como investir na Bolsa de valores

Devido às elevadas comissões dos principais bancos nacionais, investir na bolsa de valores em Portugal pode ser não só dispendioso, mas também desafiante. Agora, quando os corretores regulamentados começam a surgir, pode permitir que o investimento na bolsa de valores online deixe finalmente de ser um "bicho de sete cabeças".

  1. Abra uma Conta. Clique e preencha o formulário de `Comece a Negociar Numa Conta Real`
  2. Comece a Negociar

Com ferramentas educacionais gratuitas - bem como plataformas de negociação avançadas - em poucos cliques pode negociar ações de uma empresa da sua preferência e que acredita ter ainda potencial de crescimento.

Menu de navegação:
  1. O que é a Bolsa de Valores?
  2. Como investir na Bolsa de valores: o porquê da oscilação dos preços?
  3. Aprenda a Investir na Bolsa: tipos de ações e valorização de ativos
  4. A importância da diversificação de portfólio na negociação da bolsa
  5. Estratégias sobre como investir na bolsa de valores
  6. Primeiro passo para negociar ações através de CFDS: Como negociar no mercado de ações com CFDs para principiantes
  7. Alternativas ao investimento em Bolsa
  8. Comece a negociar com uma Correta de topo do mercado
  9. Como negociar na bolsa de valores em 2021?
  10. FAQ: Perguntas Frequentes sobre como Investir na Bolsa

Porém, antes mesmo de avançar com os seus investimentos, deverá entender não só qual é a melhor corretora para o seu perfil de investidor, como também a razão para a existência de negociação na Bolsa de valores. Porque será que os preços das ações variam tanto? Será que a projeção futura da empresa, o seu “balance sheet” ou até mesmo a sua gestão são os únicos motivos para tais oscilações?

Como Investir na Bolsa de Valore: O que é a Bolsa de Valores?

De forma a aprender como negociar no Mercado de ações, deverá entender aforma de funcionamento de um mercado de ações. Agora investir no mercado de ações em Portugal, ou em outros mercados têm a mesma base já que estão abertos a investidores de todo o mundo que desejem comprar ou vender ações de empresas no mercado de ações.

Esta chance de investir na Bolsa, podendo ter participação nas maiores empresas do mundo, acontece pois essas mesmas empresas têm necessidade de capital e liquidez. Ora, se em termos financeiros faz sentido para as empresas terem ofertas públicas, também os investidores beneficiam ao poderem escolher empresas que estão a crescer e que consigam naturalmente se valorizar ao longo dos próximos meses ou anos.

Assim, ao estar a investir na Bolsa - comprando ações de uma determinada empresa -, ficará com uma participação dessa mesma empresa. Para tal, somente terá que dar uma ordem de compra ou venda ao seu corretor, podendo inclusive escolher os preços nos quais quer entrar ou vender.

Por exemplo, ao dar uma ordem na sua corretora online de que pretende comprar uma ação do Facebook a 230 dólares, caso a negociação deste título chegue a esse valor, automaticamente terá participação na empresa de Mark Zuckenberg. Como pode concluir, poder investir na Bolsa com segurança, rapidez e conforto nunca foi tão acessível como agora.

 

Como investir na Bolsa de valores: o porquê da oscilação dos preços?

De facto, para que consiga ter mais-valias ao investir na Bolsa, terá que comprar ações que, no momento em que dê uma ordem de compra, estejam em valores mais elevados, dos que comprou originalmente. É dessa forma que conseguirá lucrar com o seu investimento em Bolsa. Porém, porque razão o valor de uma ação pode descer ou subir.

Estes são os principais fatores que fazem uma empresa se desvalorizar ou, pelo contrário, aumentar o seu valor de mercado (“market cap”):

  • Balance Sheet das empresas – os resultados financeiros são determinantes para entender se uma empresa está saudável ou não. Caso os resultados não evoluam positivamente, durante os semestres seguintes, o mais natural é que a ação desça.
  • Planos e perspetiva futura – o potencial de crescimento - principalmente em empresas tecnológicas -, é um fator determinante para a oscilação da sua ação. Logo, invista muito tempo a perceber quais são os planos da empresa e como esta tenciona crescer.
  • Valorização da própria empresa – indicadores como o “PE Ratio”, “market cap” ou até o “EPS” são determinantes para entender se, neste momento, uma empresa está sobrevalorizada no mercado, ou então desvalorizada. Estes indicadores deverão ser sempre analisados, até para perceber se a valorização da empresa é adequada ou não à sua realidade financeira e posição no mercado.

Aprenda a Investir na Bolsa: tipos de ações e valorização de ativos

Assim, antes mesmo de investir na Bolsa, deverá perceber quais são as empresas que melhor vão de encontro com as suas visões e conhecimento. Naturalmente, se tiver uma noção aproximada dos serviços que uma empresa presta, e como esta faz dinheiro diariamente, estará mais próximo de tomar uma decisão acertada.

Investir na Bolsa Portugal, ou qualquer outro mercado, é um teste não só às suas habilidades enquanto investidor, como também ao conhecimento e percepção da realidade e do futuro. Ao aproximar-se do que a empresa pretende e como esta trabalha, estará dois passos à frente, sabendo quando será decisão acertada na compra ou na venda das ações.

Porém, é importante que saiba que, dependendo dos seus objetivos enquanto apostador, existem sobretudo dois tipos de ações bem distintos, que são:

  • Ações em empresas em crescimento (“value stocks”). São empresas em que não há dividendos, pois todo o fluxo de caixa está destinado à aquisição ou crescimento sustentado da empresa. Estará a ter mais-valias caso o valor da ação acompanhe esse crescimento potencial do negócio dessa empresa.
  • Ações com pagamento de dividentos. Apesar de depender do mercado em que está a operar, a verdade é que ao estar a investir na Bolsa com foco em empresas que pagam dividendos, assegurará que, pelo menos uma vez por ano, estará a receber um pagamento dessa mesma empresa, como forma de recompensa por ser investidor.

Ou seja, além de conseguir lucrar com a possível valorização das ações dessa empresa, receberá anualmente uma percentagem – que pode variar do 0,1% até aos 100% ou mais. Porém, geralmente, essas empresas já não têm uma perspetiva de crescimento tão grande, como as “value stocks”.

A importância da diversificação de portfólio na negociação da bolsa

Ouviu falar da bolsa de valores e quer começar a investir, mas não sabe em que deve investir concretamente. Uma das recomendações mais comuns é a diversificação de portfólio,ou por outras palavras, não colocar os seus investimentos todos no mesmo lugar.

Uma diversificação de portfólio vai permitir-lhe distribuir os seus riscos de acordo com os eventos que ocorrem no mercado.

Assim, pode ser especialmente interessante negociar em diferentes tipos de derivados de ativos financeiros como forex, índices de bolsa, criptomoedas, etc. em diferentes abordagens como:

  • Diversificar as suas negociações dividindo-as por setores de atividade como serviços públicos, tecnologia, etc;
  • Diversificar as suas negociações dividindo-as por localização geográfica. Uma vez que nos encontramos na era da globalização esta diversificação poderá fazer sentido para muitos negociantes.

Estratégias sobre como investir na bolsa de valores

Uma das estratégias fundamentais que deve adotar para as suas negociações é a elaboração de um plano de trading, isto é, deve elaborar um plano de como pretende realizar as suas negociações definindo limites máximos e mínimos de perdas e ganhos.

Atenção, a negociação em bolsa terá sempre riscos associados, no entanto, um bom planeamento vai permitir de forma potencial que consiga eliminar riscos desnecessários.

Sempre que atinja o seu valor meta de ganho, é importante que:

  • Considere colocar um sinal de saída do mercado para conseguir recolher os seus lucros;
  • Limite de forma racional os seus ganhos potenciais. Os mercados financeiros são voláteis e não colocar um sinal de saída para recolher os seus lucros pode-se revelar desastroso.

Sempre que atinja um valor máximo que definiu para as suas perdas poderá ser aconselhado fechar a sua posição em vez de aguardar que o mercado recupere a seu favor.

Mais uma vez, lembre-se que os mercados são voláteis e o mercado pode não seguir a seu favor.

Primeiro passo para negociar ações através de CFDS: Como negociar no mercado de ações com CFDs para principiantes

Existindo poucas soluções de qualidade para os investidores portugueses, felizmente a corretora R1Investing - licenciada e com vários prémios internacionais -, destaca-se da concorrência, permitindo que, após o registo da sua conta, possa começar a investir na Bolsa com ferramentas simples e rápidas.

Assim, após criar conta na R1Investing, num processo que não dura mais de 5 minutos, terá também acesso grátis a plataformas educacionais e até cursos sobre investimento. Bem como a tecnologia que permite que você com a app, ou através da sua plataforma online, possa investir em milhares de ações, registadas na Bolsa de Valores.

Para começar a investir na Bolsa com transparência e segurança, somente terá que entrar na plataforma de negociação da R1Investing e dar as suas ordens de compra e, por consequente, venda, sempre que quiser e à distância de apenas alguns cliques.

Alternativas ao investimento em Bolsa

Se estiver interessado, a R1Investing permite-lhe negociar através de CFDs no mercado de ações e também em Forex, criptomoedas ou outros mercados mais tradicionais como mercadorias ou metais preciosos.

Ou seja, não faltam alternativas de investimento e de diversificação de portfólio nesta corretora licenciada e regulada pela Cysec. Para ter uma melhor noção, nesta corretora pagará 0% de comissões sob as suas transações e negociações, num total de 10 mil mercados disponíveis para você investir com rapidez, tecnologia e segurança.

Comece a negociar com uma Correta de topo do mercado

Licenciado e com boa reputação, o R1Investing.com está presente no mercado português, sendo um corretor que tem vantagens óbvias para começar a negociar CFDs sobre ativos financeiros, tais como ações e na bolsa de valores.

Essas são as principais vantagens que encontrará na corretora R1Investing.com, para investir na Bolsa com segurança e facilidade:

  • Spreads competitivos e taxas que promovem a negociação de ações.
  • Serviço de apoio ao cliente disponível a qualquer hora.
  • Ferramentas educacionais e de análise de mercados grátis.
  • App e Plataforma intuitivas, ideais para negociar sempre que quiser.

Como negociar na bolsa de valores em 2021?

Estes são os passos gerais que deve seguir para conseguir negociar na bolsa de valores em 2021:

  1. Encontre um intermediário regulamentado da sua confiança;
  2. Defina o seu plano de negociação com limites bem definidos de quanto pode investir e o máximo que estará disposto a perder;
  3. Crie a sua conta na plataforma de negociação disponibilizada pela corretora;
  4. Estude o máximo que puder sobre estratégias de negociação e sobre os mercados onde pretende negociar;
  5. Nunca invista mais do que possa perder.

Antes de seguir estes passos, a maioria dos negociantes deparam-se com a questão, quanto devo afinal investir?

Infelizmente, esta é uma pergunta sem resposta pois não existem limites mínimos ou máximos do que deve negociar em bolsa, dependendo sempre da dimensão do investidor e de quanto pode ou não investir.

O ponto fundamental é que nunca comprometa dinheiro que não pode perder. Abaixo tem os pontos que deve cumprir sempre antes de começar:

  1. Estude a realidade da bolsa de forma geral e particularmente a bolsa onde deseja negociar, nomeadamente as empresas que estão cotadas, o horário de funcionamento, a moeda em que se dá as negociações, etc.
  2. Leia as principais notícias económicas e políticas. Eventos económicos e/ou políticos podem interferir na oscilação dos preços dos ativos financeiros;
  3. Tente entender a dinâmica do mercado financeiro. Os mercados são voláteis, mas existem determinados fatores que são conhecidos por influenciar positiva ou negativamente os preços. Ter conhecimento de quais são é sempre uma mais-valia;
  4. Defina o seu perfil de risco. Todos os investimentos têm risco associado, mas alguns podem ser mais arriscados que outros;
  5. Opte sempre por negociar com um parceiro certificado e com provas dadas no mercado como acontece com a R1Investing.

Posto isto é importante referir que ao começar a investir na bolsa deve fazê-lo com a consciência de que pode perder todo o dinheiro que investiu. Os resultados nunca serão 100% garantidos.

Todos os investimentos têm riscos associados e os resultados presentes não são indicativos dos resultados futuros.

FAQ: Perguntas Frequentes sobre como Investir na Bolsa

Como começo a investir no mercado de ações?

Poderá escolher uma corretora licenciada e reputada no mercado, como é o caso do R1Investing.com. Porém, antes mesmo de investir na Bolsa, deverá estudar com profundidade as empresas que considere interessantes.

Trace estratégias e planos de investimentos, analisando ao detalhe as perspetivas de crescimento de cada empresa, bem como a sua valorização no mercado e a sua situação financeira atual.

Como a Bolsa de Valores se está a comportar atualmente?

Após uma queda abrupta nos principais mercados internacionais, motivado pela incerteza da pandemia COVID-19, nestes últimos meses, principalmente os mercados norte-americanos, como o NASDAQ, têm subido em flecha.

De facto, e quando já se anunciava um “bear market”, neste momento o NASDAQ está a poucos pontos percentuais de retornar ao seu máximo histórico. Logo, o mercado está em alta novamente, não se sabendo como os investidores vão reagir à evolução da doença ou até a uma possível instabilidade política.

Como investir na Bolsa para iniciantes?

Terá que ter um conhecimento básico de como todo o processo de negociação funciona e os motivos para existirem oscilações nos valores das ações e das empresas, por consequência.

Após essa percepção de como a Bolsa de valores funciona, deverá escolher as empresas que mais lhe interessam e optar por uma corretora legal e credível no mercado. Por exemplo, o R1Investing é uma excelente solução para qualquer investidor iniciante na Bolsa de valores.

As informações acima referidas não podem ser consideradas conselhos de investimento, sendo que os resultados passados não indicam os desempenhos futuros.

Abrir Conta